Dicas Gerais

Mitos e Verdades Sobre as Proteções da Pintura do seu Carro

0
Avalie este post

Quando você deseja que a pintura do seu carro resista por muito tempo sem lavar, a solução é recorrer aos tratamentos que protegem a pintura. Mas o que se torna um desafio é crer em tudo que se diz sobre encerar, polir e espelhar, pois o processo de descoberta do que é verdade ou mentira é difícil.

Para tirar as dúvidas procuramos opiniões de especialistas no assunto, como Silvio Rivarolla, Edson Lemes e Marcos Bresil, que são profissionais de renome em todo país. Vejamos então as situações que se deve levar em consideração e as que tem que manter distância.

 

Ao polir o carro você perde grande parte do verniz da pintura. MENTIRA.

Mesmo que polimentos mais pesados causem a perda do verniz, a depender de qual produto utilize e o tipo de força que empregue nesse processo, polir não vai precisamente desgastar a camada. Isso vai depender sempre da qualidade do serviço.

 

Cristalizar e espelhar são coisas iguais. VERDADE.

Os dois são processos iguais, em execução e geram resultados iguais. A distinção entre esses serviços é que no processo de cristalização é aplicada uma resina para se ter um efeito “gloss”. Já no processo de espelhamento usa-se uma cera especializada. Esse é o motivo de ter preços que se igualam. O preço médio para esses serviços é de R$ 350 a R$ 550 para hatches e sedãs e de R$ 500 a R$ 700 para SUVs e picapes.

O ideal é que você faça esses processos duas vezes ao ano se seu carro possuir cor escura. Se a pintura for clara, uma aplicação por ano já basta.

 

Se seu carro for novo não deve ser cristalizado ou espelhado. MENTIRA.

O medo que paira sobre fazer esses processos é pelo fato de envolverem, se for veículo usado, lixar, polir e lustrar. Ao lixar você está corrigindo a pintura, tornando-a mais lisa possível, pois essa é a forma para se obter um maravilhoso brilho. Esse processo é feito com um disco de espuma, tão leve que não agride o verniz.

Os carros novos não pedem correções do tipo, aliás, nenhum tipo de correção, sendo que só se utiliza nele o polimento e a cera. Porém a cristalização e o espelhamento são mais recomendados do que em veículos usados porque oferecem uma proteção a mais, e são medidas preventivas e não corretivas.

Conclui-se, então, que ambos os tratamentos apenas acrescentam camadas protetoras e não retiram a pintura.

 

A cera de carnaúba é excelente para encerar o carro. MENTIRA.

Mesmo que a carnaúba ocupe maior parte dos componentes das ceras de qualidade, não é sinônimo de que as denominadas ‘ceras puras de carnaúba’ são as mais indicadas para o enceramento da carroceria. A referência da cera não deve estar baseada nos ingredientes que formam a composição do produto. O que deve ser considerado é o tempo em que ela proporciona proteção para seu carro.

Já é possível encontrar no mercado uma variedade de ceras, as com pouco tempo de proteção são chamadas ceras hobby e são mais indicadas para pessoas que gostam de cuidar do automóvel nos fins de semana. Ceras hobby duram até duas lavagens, diferente das profissionais que suportam mais de dez lavagens.

 

O polimento técnico é um excelente modo de eliminar problemas na pintura. VERDADE.

O polimento técnico é um serviço muito indicado para a solução de manchas e pequenos riscos. Ele varia entre R$ 200 e R$ 250, e é dividido em três fases:

  1. O corte, onde se avalia as condições da pintura e se elimina contaminantes, manchas e riscos leves, fazendo o nivelamento da superfície para que haja uma boa reflexão;
  2. O refino, fase em que são eliminados os chamados micro riscos que restam da fase de corte (hologramas)
  3. O lustro de proteção, é a fase que se utilizam polidores de acabamentos.

 

 

 

Photo by Jonathan Gallegos on Unsplash
Você também vai gostar
Carflix - Consumo de Combustível
O que fazer para diminuir o consumo de combustível?
Carflix - Dicas de Lavagem
10 Dicas para lavagem do seu carro.